Temos um Sonho


Luiz Aguilar Partido NOVO-SP

 

Depois de cinco anos de fundação pelos 181 visionários de um Brasil admirado, chegamos até as portas da primeira eleição do partido NOVO, que acontece a meros doze meses desde sua homologação. Neste tempo todo, foi acesa e acalentada entre filiados e apoiadores a chama de esperança de ver nossos valores, imiscuídos que são com os do NOVO, prevalecerem em todas as partes da vida pública de nossa nação. Pois o que diferencia o NOVO dos demais partidos são os ideais de liberdade, que se não praticados pelo indivíduo nunca o poderão ser pela coletividade. A promessa de liberdade é o cheque assinado pelos 181 fundadores, e que ora é endossado por todos nós que fazemos o NOVO.

É chegado o tempo de descontar o cheque, de ver o investimento construído com muito suor e trabalho se transformar em ações para efetivamente levar o sonho liberal para dentro das casas administrativas do país. Lembrando que estamos em uma democracia e, necessariamente, devemos submeter nossos sonhos particulares ao escrutínio da população para então merecer o posto mais alto se a maioria dos eleitores partilhar de nossos sonhos. Sonhar é livre, realizar o sonho demanda contá-lo, explicá-lo e entregá-lo, para que cada eleitor faça a melhor escolha ao digitar os números de nossos candidatos nas urnas em outubro.

Saiamos da ociosidade sonhadora para a ação nas ruas, praças e todos os fóruns por onde transitam nossos eleitores. A mensagem deve ser levada a toda parte. A urgência da situação é atingir os corações e mentes em números suficientes para nos conduzir aos postos das casas legislativas das cinco capitais brasileiras onde teremos candidatos a vereador e para prefeito, no Rio de Janeiro.

O caminho escolhido pelo NOVO para o pleito de 2016 frustrou sobremaneira a todos que esperavam trabalhar para candidaturas aos cargos executivos nas principais cidades brasileiras. Administrar frustrações não é o que estava no cheque avalizado pelo NOVO, mas é o que nos é instado a fazer. A frustração leva a um clima de protesto, que se avoluma e sombreia nossos horizontes. Em lugar de perverter as expectativas, a força de nosso protesto deve ser transformada em força da alma. Se nosso lema é confiar, não podemos nutrir a desconfiança daqueles aos quais nossos destinos estão atrelados na busca do Brasil que queremos. Não vamos retroceder, mas sim seguir em frente até nosso destino fundamental, o de fazer do Brasil um país admirável.

Amigos, nós temos um sonho, o sonho de ver os princípios que nos unem e norteiam sendo praticados em todas as esferas desta nação, nos governos dos quais participemos como atores principais assim como nos que estivermos apenas como coadjuvantes ou opositores. E quando isto acontecer poderemos finalmente saciar nossa sede de ver um país maior, mais rico e mais justo para cada cidadão. A prática deste sonho começa necessariamente em casa. O longo prazo deve ser construído a cada dia, a cada hora e cada minuto, em ações que nos levem ao destino traçado sem desvios e nem protelações.

Queremos trazer nosso futuro para o tempo presente e não ser como as promessas de país do futuro que nunca chega.

Ao trabalho!

 

*
Luiz V.V. Aguilar é engenheiro com MBA pela Fundação Dom Cabral, especialista em comércio internacional. Seus 15 anos como expatriado lhe conferem uma visão de economia e geopolítica a luz das liberdades individuais. É filiado NOVO de primeiro dia e membro do CONFIA-NOVO.

 

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s