O próximo filme que não verei.

Raramente leio os cadernos de entretenimento dos jornais que assino. Não por menosprezar a matéria, mas por ausência de tempo hábil em relação à outras prioridades. Tempos difíceis. Fato é que ontem me interessou no Caderno 2 do Estadão uma chamada sobre um lançamento de inéditas do Adoniran Barbosa, afinal viraram moda essas “descobertas” post…

A saúde das pessoas não tem cor

Por Paulo Lázaro, Ontem foi o Dia Nacional de Mobilização Pró Saúde da População Negra e o Ministério da Saúde promove um curso que tem o seguinte escopo: “Os alunos interessados aprenderão mais sobre como identificar a Política Nacional de Saúde Integral da População Negra (PNSIPN) no SUS, as diferenças referentes à saúde da população…

Paulo Lázaro, NOVO-SP

O Câncer do Brasil

  Já no inicio do século, se falava em uma Nova Gestão Pública, em que se privilegiaria o Contrato de Gestão, Competição, Planejamento com Gestão estratégica e Accountability. Essa Nova Gestão, propagada inclusive por ex-ministros da Saúde como A. Chioro, tinha como um de seus pilares a inserção da sociedade em processos operacionais, evitando assim…

Paulo Lázaro, NOVO-SP

Tchau Querida. Se cuida.

Hoje ocorreu a admissibilidade do processo de impedimento da presidente da república. O processo jurídico e político culmina com a pior crise econômica já vivida em nosso país e desequilíbrio abissal entre os três poderes. Em um olhar voltado à Saúde, relembro o desastre das promessas realizadas pela então candidata Dilma Roussef em seu programa…

Paulo Lázaro, NOVO-SP

Correntes na Saúde

  É inegável o avanço em algumas áreas da Saúde no Brasil. Hoje nosso sistema vacinal tem uma excelente cobertura, houve inclusão de regiões desfavorecidas e desprovidas de saúde básica, transplantes são realizados em quase sua totalidade pelo SUS, o combate ao HIV no Brasil é reconhecido internacionalmente, há parceria com indústria de medicamentos para…

dice Florentino - sacrifício humano na cultura asteca. O indivíduo sacrificado no interesse da coletividade.

As Três Violências Contra o Estudante de Medicina

Por Valdemar Katayama Kjaer, Observei que, em todas as discussões que precediam a escravização da medicina, tudo se discutia, menos os desejos dos médicos. As pessoas só se preocupavam com o ‘bem-estar’ dos pacientes, sem pensar naqueles que o proporcionavam. A ideia de que os médicos teriam direitos, desejos e opiniões em relação à questão…