Alexandre Reis - NOVO, SP

Sem verba pública, independente e impecável

É possível fazer um grande filme sem dinheiro de incentivos? Essa obra mostra que sim. Em Setembro de 2015, o MinC (Ministério da Cultura) escolheu o filme “Que horas ela volta?” para representar o Brasil na edição de 2016 do Academy Awards, o popular Oscar. A grande surpresa, no entanto, estava em um dos finalistas…