No solo raquítico de uma nação à margem do mundo

  Por Raul Martins Lima (Facebook), Façamos uma breve retrospectiva. Fuçando cá as minhas notas do COF, descubro ter entrado na Olavosfera há mais ou menos cinco anos, lá pelas idas priscas de 2013. Em 2013, O Mínimo ainda não fora lançado, e o prof. Olavo de Carvalho era conhecido entre o público mais à…