Vamos pensar ‘fora da caixa’!


Coluna do Filiado - Voz do Partido NOVO

Por Flavio Pedro (pré-candidato NOVO-SP),

Certos conceitos estão profundamente enraizados em nossa cultura, em nossa forma de enxergar as coisas que parecem ser conceitos absolutos e imutáveis, esse texto propõe buscarmos novas perspectivas e visões para situações do nosso cotidiano em que uma simples mudança de postura política poderia causar efeitos espantosos. A esse processo de buscar diferentes alternativas e formatos para necessidades conhecidas podemos chamar “pensar fora da caixa”.

Começo pelos serviços prestados pelo Estado no setor energético, possuímos formas distintas de gerar energias, possuímos algumas concessionárias e uma rede de transmissão interligando as regiões, a energia chega em nossas casas pelos postes de nossas ruas, mas vamos pensar por outra perspectiva. Nós enquanto cidadãos podemos escolher quem vai prestar o serviço em nossas casas? Existe uma concorrência entre varias empresas do setor e nós temos alguma voz no processo de escolher a melhor opção para suprir nossas necessidades individuais? A resposta é, NÃO! Não temos poder decisório algum, só para exemplificar no século XIX em alguns Estados norte-americanos era possível escolher entre mais de 20 empresas de energia.

Transportes é um setor muito importante para qualquer localidade, hoje em dia para uma empresa de ônibus poder operar em alguma linha de qualquer cidade, é preciso passar por um processo de licitação, ganhar a concessão daquela linha por um período determinado e cumprir certas exigências previstas em contrato, assim as regiões passam a possuir “donos das linhas”, somente aquelas empresas autorizadas podem explorar aquele serviço. Que tal tentarmos analisar essa questão com uma outra visão? Como seria o transporte viário, se não houvesse a necessidade de licitações e concessões? Se o Estado apenas fiscaliza-se a qualidade e a segurança dos ônibus e deixasse qualquer ônibus circular livremente, praticando as taxas que achassem convenientes, será que teríamos um caos, preços abusivos, falta de transporte ou será que teríamos competitividade, serviços diferentes para cada demanda, preços melhores pela lei da oferta X procura, melhorias para o consumidor final?

Usei apenas dois exemplos, mas tente usar esse olhar, tente pensar fora da caixa para todos os serviços que você necessita, será que o livre mercado não deveria ser aplicado tanto quanto fosse possível?

*

Flávio Pedro é paulista, formado em hotelaria e bacharel em Educação Física, tendo atuado em ambas as áreas. Microempresário e filiado ao NOVO, vê no partido uma oportunidade de mudar o país.

2 comentários sobre “Vamos pensar ‘fora da caixa’!

  1. Perfeito Flavio. A Liberdade de escolher é inerente ao ser humano, e esse poder não pertence ao estado.

    Curtir

  2. Flavio, gostei da sua coluna. Apenas um comentário: Para que o Estado como fiscalizador da qualidade e segurança? Deixe que os próprios consumidores façam isso. Empresas sem qualidade/segurança tendem a falência.

    Curtir

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s