Para Virar o Jogo


Coluna do Filiado - Voz do Partido NOVO

Por Rafael Dimitrie Boskovic,

A grande maioria dos brasileiros sabe quão crítica é a situação de um time que está perdendo uma partida por 7 a 1. O que a maioria não sabe é que, por este mesmo placar, as ideias de liberdade estão perdendo para a ideias de concentração de poder no Estado. Na biblioteca pública da Universidade Regional de Blumenau – FURB, por exemplo, obras de viés socialista, de autores como Marx, Engels e Gramsci são disponibilizadas na proporção de 7 para cada obra de viés liberal, de autores como Adam Smith, Ludwig von Mises e Milton Friedman.

Essa verdadeira doutrinação socialista, fomentada não apenas em universidades mas também em escolas, na grande mídia e no meio artístico, já nos trouxe e ainda nos trará muitas consequências nefastas. O aumento da concentração de poder no Estado, além de reduzir as liberdades individuais tem mostrado uma tendência brutal de empobrecimento dos povos, como visto nas já extintas União Soviética, Alemanha Oriental e Iugoslávia, nas histórias do Congo, Polônia e Somália, bem como em Cuba, Coréia do Norte e, mais recentemente, na Venezuela.

Diante deste cenário, um grupo de Blumenau, organizado para apoiar o Partido NOVO (de viés liberal) em Santa Catarina, decidiu fortalecer as fileiras dos que batalham pela disseminação das ideias de liberdade. Para isto, realizam mensalmente apresentações abertas ao público, divulgando os valores liberais defendidos pelo NOVO e passaram a arrecadar dinheiro entre os seus apoiadores com o objetivo de comprar livros e distribuí-los gratuitamente.

Na primeira ação, 100 unidades do “As Seis Lições”, de Mises, foram compradas e distribuídas a amigos, conhecidos e quem mais manifestasse interesse na página que o grupo mantém no Facebook. Dentro de cada um dos livros foi etiquetada a seguinte mensagem: “Leia o quanto lhe interessar, depois entregue a outro amigo”. A Ação foi um sucesso e, importante ressaltar, sem o uso de nem um centavo de dinheiro público.

Cerca de um mês depois, empolgados com o sucesso da primeira ação, o grupo decidiu realizar a segunda. Dessa vez foram distribuídas 100 unidades do “Guia Politicamente Incorreto da Economia Brasileira”, de Leandro Narloch. O livro derruba mitos sobre a economia e a intervenção estatal a partir de exemplos práticos, de maneira simples e com bom humor.

A ideia inicial de ambas as ações era apenas distribuir os livros entre as bibliotecas de escolas e universidades. Porém, sem o incentivo à leitura, os membros do grupo ficaram preocupados com a possibilidade desses livros ficarem esquecidos nas estantes das bibliotecas e, por isso, resolveram transformar essa distribuição numa corrente que pudesse se viralizar pelo país, sendo repetida por outros grupos e indivíduos. Assim, impulsionaram a publicação no Facebook, se tornando um verdadeiro sucesso.

Ainda não há como medir o resultado prático desta ação. O que temos certeza é que as ideias de liberdade precisam ser passadas adiante, para que possam ser compreendidas e debatidas entre o maior número possível de pessoas. Afinal, segundo palavras do próprio economista:

“ideias, e somente ideias, podem iluminar a escuridão”. – Ludwig von Mises

RAFAEL DIMITRIE BOSKOVIC,
Apoiadores do Partido NOVO de Blumenau-SC

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s