Precisamos do Novo para Velha Ética


Conselho de Ética

Por José Henrique Hoeschl Mendonça,

A Associação Brasileira de Psiquiatria Cultural não tem finalidade partidária, mas preza por uma sociedade ética, considerando esta mais saudável. Diante dos atuais acontecimentos políticos no Brasil, abri espaço no nosso blog para a manifestação do José Henrique sobre o partido Novo.

No consultório e entre amigos ouço a decepção daqueles que eram ativos num partido que acreditavam prevalecer em sua ideologia do bem, e hoje, incriminado era exatamente o oposto. Encontro pessoas também indignadas ao constatarem que o dinheiro desviado dos cofres públicos matam doentes nos hospitais, levam à acidentes graves nas estradas emburacadas.

Alguns, simplesmente não querem ser mais enganados. Não aceitam, de jeito nenhum, a prerrogativa Maluf do “rouba, mas faz”. Os radicais, já historicamente contra o atual governo, utilizam-se das últimas manobras da Polícia Federal para ficarem mais convictos da ideia de que o atual governo é que é o corrupto.

Nossa sociedade precisa de uma importante mudança onde prevaleça o desejo pela ética e eficiência de nossas ações, além de expurgar, através de prisões, que seja assim, os adeptos por ganhar vantagens para si em detrimento do bem comum.

Com vocês as breves palavras do José Henrique, Engenheiro Mecânico formado na Universidade Federal de Santa Catarina em 1984. (Marcos de Noronha).

(…) a sociedade quer uma resposta melhor daquela onde afirma “não saber de nada”, como se fosse alienada e incompetente, ou “não faço parte desse grupo”, como se todos os brasileiros fossem burros – (palavras de um velho professor no interior de São Paulo, comentando sobre a presidente Dilma)

Penso que, independente de velhas e ultrapassadas discussões acaloradas sobre esquerda e direita,  o político do futuro deverá debater com equilíbrio,  discernimento e bom senso,  o teor e a consistência de uma ideia, sua aplicabilidade prática no dia a dia,  os custos X benefícios da mesma para a sociedade e ai sim, em caso positivo, declara-la como BOA IDEIA e articular a sua implementação.

Olhando sobre esta ótica, analisando nossa situação atual, acredito na necessidade de um estado gerido com a eficiência da iniciativa privada, na meritocracia, na reforma tributária, no empreendedorismo, no estado mínimo,  na profissionalização dos quadros públicos, na mínima intervenção “equilibrada” nos negócios etc…

Enfim,  precisamos renovar…  alinhado a isto surge no horizonte um  NOVO partido, com novas idéias propondo ser uma alternativa eficientemente para prepararmos um futuro  melhor para nossos filhos e  netos….  Por isto me filiei ao NOVO e pretendo proativamente participar de sua estruturação e crescimento no Brasil.

Grande abraço. Cordialmente, Henrique.

Fonte: abe.org.br

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s