Partido Novo não terá candidatos em Goiás


Mapa Turístico do Estado de Goiás

Mapa Turístico do Estado de Goiás

Criado na terça-feira pelo Tribunal Superior Eleitoral, o Partido Novo não planeja candidaturas em Goiás nas eleições municipais do ano que vem. Presidente do diretório estadual da sigla, o microempresário Elison Bernardes Amaral diz que o tempo é curto para estruturar participação na campanha e que o maior foco do partido agora não é esse.

Embora tenha sido proposto com o slogan de “partido político que nasce sem políticos”, a sigla não terá restrição a filiação de quem tenha mandato, segundo Elison. “Temos algumas regras que afastam quem quer carreirismo na política, como, por exemplo, só permitir dois mandatos no Legislativo. Mas o estatuto prevê que qualquer brasileiro pode se filiar.” Goiás colaborou com 100 mil assinaturas de apoio à criação do partido, que começou a ser organizado em 2011 por um grupo de 181 pessoas.

De acordo com os fundadores, a sigla tem como bandeiras a redução de impostos e a atuação do Estado “no essencial – saúde, educação e segurança”.

Elison afirma que a sigla não deve participar de coligações na disputa do ano que vem. “Mais na frente, o alinhamento de propostas com outros partidos é discutível. Agora não. Não adianta criar um partido novo e ser mais um.”

Elison, que participou das manifestações de rua que pediam impeachment da presidente Dilma Rousseff, afirma que o partido é favorável ao afastamento se forem encontrados “motivos legais”.

Fonte: opopular.com.br

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s